Meu humor



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Italian, Esportes, Informática e Internet, Gestão
MSN -




Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 Centro Esportivo Virtual




Blog do Cesare
 


IV Forum Esporte Escolar

Com o objetivo de discutir o Esporte Educacional enquanto fenômeno social, visando uma séria reflexão acerca de sua compreensão histórica e social, foi realizado no dia 28 de Maio nas dependências do SESC Santana o IV Forum Esporte Escolar, com a presença de professores de Educação Física da rede pública municipal e Especialistas dos CEUs.

Iniciou-se com uma explanação da Prof.ª Maria Alice Zimmermann apresentando as razões do modelo adotado pela Secretaria Municipal de Educação quanto às Olimpíadas Estudantis.

Na sequência, a Prof.ª Katia Rubio comentou sobre a análise que fez da trajetória de vida dos atletas medalhistas olímpicos do Brasil, verificando a importância do esporte escolar na vida desses atletas. Abordou também que o esporte contemporâneo é fruto do movimento liberal, tendo a Inglaterra como berço, por ocasião da Revolução Industrial. Diferentemente do Esporte originado na Grécia Antiga.

Na palestra da Prof.ª Paula Korsakas foi apresentado o projeto que desenvolve no CEPEUSP, possibilitando aos jovens e crianças a formação ou desenvolvimento humano, transformando-os em "cidadãos  esportivos", que na sua visão, seriam verdadeiros críticos do fenômeno esportivo e também em políticas públicas. Também salientou a possibilidade de pomover o esporte como via de desenvolvimento humano, por meio de uma abordagem sistêmica.

 

Ao término do evento, o registro para nosso blog:

  

Prof.ª Katia Rubio                                                                                              Prof.ª Paula Korsakas 



Escrito por Cesare às 11h59
[] [envie esta mensagem
] []





Grupo de Estudos

Reunidos na sede do ECOLE, o Grupo de Estudos em Políticas Públicas em Esporte e Lazer realizou o seu primeiro encontro no dia 10 de Maio de 2011. Participaram das discussões sob a coordenação da Prof.ª Sheila: César Augusto, Cesar Farid, Lucas Foster, Ari, Felipe Zabala e o Marcelo.

Foram discutidas algumas ações possíveis do ECOLE, a missão e valores da SEME, bem como os fatos que contribuiram para o surgimento do próprio ECOLE.



Escrito por Cesare às 21h23
[] [envie esta mensagem
] []





Nasceu o ECOLE

Com a presença de personalidades do esporte, foi inaugurado o ECOLE - Espaço do Conhecimento em Lazer e Esporte. Fruto de um projeto do Secretário Walter Feldman, esta Casa do conhecimento está localizada no interior da Secretaria de Esporte, próximo ao Parque das Bicicletas.

Estivemos presentes e registramos este momento com a Coordenadora do ECOLE, Prof,ª Sheila. 

Na foto: Regina Brandão, César Augusto, Sheila Silva, Marcelo Brocotó e Ari



Escrito por Cesare às 21h11
[] [envie esta mensagem
] []





Cidyr - 4.º dia

O Prof. Laurent Moustard (França) teve a missão de conduzir a Conferência da manhã e, ao fazer um relato das atividades defendidas pela FSGT, abordou as instalações esportivas e recreativas sob três perspectivas quanto à prática: sócio-educacional, entretenimento/ lazer e performance/ espetáculo.

A primeira Mesa-redonda do dia, teve a participação do sociólogo Danilo Miranda (SESC-SP), cujo principal enfoque foi o BEM - ESTAR das pessoas e, para tal missão, o SESC-SP utiliza-se do Esporte, Educação, Cultura e Lazer como ferramentas para alcançar o objetivo, sempre com a premissa da democratização do acesso.

Em seguida. ocorreu a apresentação do Prof. Cesar Calegari, o qual apresentou uma visão geral do SESI-SP, descrevendo os diversos programas, o impacto das atividades junto ao empresariado e destancando a equipe adulta de Voleibol, cujo principal objetivo é criar uma pedagogia do encantamento (modelo) aos jovens (alunos) dos programas formativos.

Finalizando estas discussões, O Prof. Dr. Ricardo Uvinha fez uma explanação sobre a Organização Mundial do Lazer, descrevendo seus objetivos, metas, campos de estudo e trabalho, bem como os benefícios que esta Organização proporciona ao meio acadêmico principalmente.

Finalizando os trabalhos do 2.º CIDYR, tivemos a última Mesa-redonda com a participação do economista Peter Taylor, abordando sobre o processo de auditoria ocorrido na Inglaterra em 1989, o qual resultou em uma nova política pública para a gestão dos esquipamentos de esporte e lazer, principalmente os estádios de futebol e ginásios esportivos.

Juan-andres (Espanha) iniciou a sua apresentação com o seguinte questionamento junto ao público presente: "Para que serve este edifício ?". Explicou então, que foi com este questionamento e a partir do Manifesto de Barcelona em 2009 que surgiu a AIIDYR - Associação Ibéro-americana de Instalações Esportivas e Recreativas, a qual é o atual presidente. Concluiu sua explanação alertando que toda gestão de qualidade deve promover a utilização de indicadores de qualidade para medir o grau de satisfação, sejam dos prestadores, dos produtos ou dos próprios clientes.

A apresentação do jornalista Gustavo (Brasil), representante do Comite Olímpico Brasileiro, enfatizou que, dentro da visão do COB, existe a necessidade de transmitir uma mensagem de sustentabilidade, durante a RIO 2016, em todos os aspectos, além de proporcionar o fortalecimento da juventude esportiva e um posicionamento político global.

Complementando o tema RIO 2016, o ex-atleta e atual executivo do COB, Agberto Guimarães, explanou sobre a valorização do Brasil com a realização dos Jogos Olímpicos no Brasil e o novo modelo de preparação dos atletas, por meio de uma Equipe Multidisciplinar, enaltecendo que as pessoas possuem um papel de extrema importância na organização de um mega-evento esportivo.

Ainda , pela manhã, tivemos folego para a Conferência de encerramento, proferida pelo Gestor Dan Epstein (Inglaterra), que na suas palavras, sustentabilidade e legado devem ser termos sinônimos. Apresentou, de forma resumida, o Plano de Legado de Londre 2012, com as seguintes etapas:

1 - Aquisição do local destinado ao Complexo Esportivo

2 - Construção dos equipamentos e vila olímpica

3 - Realização dos Jogos

4 - Transformação no legado

5 - Surgimento de um novo Parque Sustentável.

Finalizando o evento, o Gerente do SESI-SP e Coordenador do Congresso, Eduardo Carreiro, apresentou este evento em números, descrevendo a quantidade de horas utilizadas nas diversas atividades propostas e fez uma especial homenagem aos Palestrantes, Patrocinadores e o Staff.

Durante um dos intervalos do evento, o registro de mais um momento importante:

Maria Alice Zimermmann (Secretaria Municipal da Educação), César de Souza (CEU Alvarenga) e Sheila Ap. Silva (Secretaria Municipal de Esporte e Lazer)



Escrito por Cesare às 08h52
[] [envie esta mensagem
] []





Cidyr - 3.º dia

A Conferência inicial abordada pelo Sr. Geoffrey Godbey (USA) abordou o tema "Esporte para Todos", afirmando: Nós temos que dar as pessoas, como lazer, não somente o que elas querem, mas o que elas podem querer aprender. Afirmou também que as atividades de lazer e esporte devem ser planejadas e organizadas de modo que contribuam fisicamente, espiritualmente e emocionalmente.

A Mesa - redonda seguinte tratou de Programas Escolares e Comunitários, contando com a participação de Luiz Delphino (Brasil), Melissa Parra (Venezuela) e Fernando Sotomayor (Chile), mediados por Cintia Da Silva Ferreira (SESI _ Brasil)

O Prof. Luiz apresentou o histórico do Esporte Educacional no Brasil, a Federação de Esporte Escolar e os cases de sucesso ligados ao Desporto Escolar. a arquiteta Melissa Parra expôs os locais destinados às práticas comunitárias, em especial o case Barquisimeto - Lara. Já o arquiteto Fernando Sotomayor descreveu as características das instalações esportivas e recreativas existentes no Chile.

       

Os palestrantes concluiram que existe a necessidade de um projeto maior, uma nova proposta metodológica que mostre o verdadeiro valor do Esporte Educacional enquanto uma ferramenta de transformação social, dissociada da Educação Física Escolar.

Ao término do dia, ocorreu uma Mesa - redonda com a temática: Aspectos Legais e de Segurança, com a participação de Jose Constantino Gago Fernández (Espanha) e Agustin Garcia (Argentina), mediados pela Prof.ª Flávia da Cunha Bastos (Brasil)

O Arquiteto Constantino explanou sobre os momentos de risco dos grandes recintos esportivos como o acesso e a saída, além das situações de emergência. Nesse sentido, o também arquiteto Garcia Gago, sugeriu a utilização de sonorização e sinalização de forma mais efetiva, citando o case do Estádio Santiago Bernabeu (Real Madri - Espanha)

        

 



Escrito por Cesare às 15h19
[] [envie esta mensagem
] []





Cidyr - 2.º dia

Nesse dia, as discussões tiveram início com a Conferência proferida por François Vigneau (França) sobre as tendências da gestão das Instalações de Esporte e Lazer a qual retratou um diagnóstico da real situação, principalmente na França e Europa. Nesse sentido, apontou algumas tendências como a necessidade de diversificação das modalidades esportivas a serem praticadas, a necessidade de diversificação dos locais de prática e, principalmente, a necessidade de novos modelos de gestão e financiamento das instalações de esporte e lazer.

Após este momento de reflexão, iniciou-se uma mesa-redonda com a temática "São Paulo 500 anos: As instalações Esportivas e Recreativas em 2054", coordenadas pelo Sr. Cesar Callegari (SESI-SP). A Arquiteta Patrícia Totaro enfatizou que, nesta década, as academias de fitness desenvolvem atividades que proporcionam um resgate da funcionalidade do corpo por meio de uma integração com um mente saudável. Contudo, em 2054, os aspectos tecnológicos da atividade física terão um grande avanço, assim como as questões sociais vinculadas a prática (existência de tribos) e a tema sustentabilidade será a tônica dos novos modelos.

Nesse sentido, o Prof. Phd. Antonio Carlos Bramante também apresentou alguns estudos desenvolvidos e apresentou algumas tendências para 2054: a ocorrência do "mercolazer", a espetacularização do tempo livre, a redução dos espaços disponíveis, as novas edificações serão pautadas na sustentabilidade, surgimento dos ambientes facilitadores no trabalho, estreitamento espacial (casa/ trabalho/ lazer), viagens sem deslocamentos físicos e a desgratuidade do lazer.

   

 

                 

 

 

Uma segunda Mesa-redonda ocorreu, nesse dia, agora com o tema: Tendências da Gestão das Instalações de Esporte e Lazer a partir de organizações temáticas, cuja mediação esteve a cargo de Eduardo Mack (Gerente de Projetos Institucionais da Rede Globo - Brasil).

Iniciou com a explanação do Prof. Dr. Ricardo Ricci Uvinha (Brasil), o qual explanou sobre o Congresso Mundial de Lazer ocorrido no período de 29 de Agosto a 02 de Setembro de 2010 na cidade de Chuncheon (Coréia do Sul). Na sequência tivemos a explanação de Laurent Moustard (França) que apresentou as atividades desenvolvidas pela Federação Francesa de Esportes para o Trabalhador e, finalizando as apresentações, o Sr. Joze Jensterle (Eslovenia), como membro do Comite Olímpico da Eslovenia e secretário geral da Associación Internacional de Infraestructura Deportiva y Recreativa (IASLIM), iniciou sua apresentação com o seguinte questionamento: Em que consiste um desenvolvimento sustentável, um parque no meio da avenida Paulista ou a construção de um moderno estádio de futebol ? Durante sua explanação, apresentou um novo conceito de Gestão Social e a Escola Internacional de Administração de Infra-Estrutura Desportiva e Recreativa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na primeira sessão de debates do dia, coordenada pelo Sr. Eduardo Augusto Carreiro (SESI - Brasil), estiveram participando o sr. Marcolino (SESI - Brasil), arquiteto Carlos Vera Guardia (Chile), o gestor Peter Taylor (Ingraterra).

O Sr. Marcolino enfatizou que a gestão das instalações esportivas e recreativas devem estar alinhadas ao Planejamento Estratégico, as políticas, programas e  as ações pré-estabelecidas. Também apresentou como tendências, os seguintes aspectos: Necessidade de criação de ferramentas de gestão, importância da articulação interna e externa dos equipamentos, formação permanente de uma rede de gestores e ampliação da visão dos conteúdos do lazer.

Já o Gestor Peter Taylor, enalteceu a importância de avaliar a performance das Instituições, criando índices e desenvolvendo a devida medição. Com isso, enfatizou, este processo resulta em um benchmarking próprio e adequado a respectiva realidade e necessidade.

O arquiteto Carlos Vera Guardia apresentou algumas pesquisas que retratam o momento atual do Chile, apontando que 70 % praticam atividades físicas ou de lazer, pelo menos duas vezes por semana. Este e outros dados apontaram a existência de uma demanda por recreação e esporte.



Escrito por Cesare às 11h55
[] [envie esta mensagem
] []





Congresso Cidyr

Segundo Paulo Skaf, o 2.º Congresso Ibero-Americano de Instalações Esportivas e Recreativas coloca em paula um tema crucial para o Brasil nos próximos anos, em virtude dos mega-eventos que serão realizados aqui, citando os Jogos Olímpicos, a Copa do Mundo, Os Jogos Militares, as Para-Olimpíadas, etc, Aproveito a ocasião e, também homenageou o atacante da Seleção Brasileira de Voleibol, Murilo Endres, eleito o "Melhor Jogador do Mundial",

     

Ainda durante as solenidades de abertura, a Orquestra Bachiana apresentou-se com a Bateria da Vai-Vai, composições clássicas populares.

                                                 

Durante o período vespertino, ocorreu uma Mesa-Redonda com o tema Planejamento e Administração Esportiva e Recreativa, com a participação do Prof. José Alfredo de Souza Lopes (Portugal), explanando que o Plano de Ativação é o resultado do processo de planificação que começa com o estuda da viabilidade prévia e que continua com o processo de gestão. Alertou também sobre questões como custo/benefício, conotação social na gestão e equidade social dos projetos.

Na sequência, o arquiteto Eduardo de Castro Mello, responsável pela construção do Estádio Nacional de Brasília - Mané Garrincha (uma das sedes da Copa 2014) abordou a questão da sustentabilidade ambiental e econômica na construção de equipamentos esportivos.

                               

                                    Prof. José Alfredo de Souza Lopes                                                Prof. Eduardo de Castro Mello

Finalizando os debates do dia, tivemos a apresentação do Prof. Dilmas Pinto (Portugal), explanando que apenas 32% da população de Portugal é praticante de atividade física, chegando a 55% a população inativa. Bem superior aos 39% de inativos da Europa.

A surpresa do dia foi quando concluiu sua apresentação e afirmou que o problema de Portugal não é a falta de Equipamentos Desportivos e sim a falta de praticantes, resultado de um planejamento equivocado.

                                              

                                                Prof. Dilmas Pinto (Portugal), Prof. Laércio (CEV) e o Blogueiro de plantão



Escrito por Cesare às 22h42
[] [envie esta mensagem
] []





Brincança - 2010

Com o tema "O bom é ser criança", a FIRP realizou a 15.ª edição do Brincança com a presença de 3.500 participantes. A organização ficou a cargo das turmas de Licenciatura em Educação Física - 6.º Semestre (Noturno e matutino).

Este evento, além de entreter a criançada, é utilizado como uma prática pedagógica discente, onde os alunos são avaliados a partir de uma vivência monitorada.

Entre as atrações, destaco a Casa do Terror, o Aquabol, o circuito de Esportes Radicais (Rapel, Tiroleza e Escalada), a sala dos pais, o videoke, as atrações do palco, o futebol society, os esportes de quadra, a guerra dos cotonetes, escultura de balões, pintura facial entre outras. Para manter a energia da garotada, foram servidos hot dog, refrigerantes e algodão doce.

Alguns momentos marcantes:

   

          Turma do Curso de História                                                                               Giovanni fazendo a segurança no Rapel

    

                   Apresentação da Fanfarra                                                                          Turma do curso de Pedagogia



Escrito por Cesare às 22h33
[] [envie esta mensagem
] []





Clínica de Voleibol

No dia 20 de Julho, com o tema Voleibol e suas perspectivas, foi desenvolvida uma clínica de capacitação em Voleibol no Esporte Clube Pinheiros. Este evento faz parte da 4.ª Semana Ticket Cultura & Esporte em parceria com a Secretaria da Educação do Município de São Paulo e o Esporte Clube Pinheiros.

Esta capacitação foi desenvolvida pela Prof.ª Agnes Hortelan e sua equipe técnica a qual abordou os seguintes tópicos:

                                 

  • Aspectos pedagógicos e metodológicos no processo ensino-aprendizagem
  • Treinamento na infância e adolescência

Após uma explanação teórica, os professores da rede municipal de ensino, bem como os especialistas dos diversos CEU´s, puderam vivenciar inúmeras atividades lúdicas, jogos e exercícios técnicos do Voleibol adequados para cada faixa etária.

 



Escrito por Cesare às 11h44
[] [envie esta mensagem
] []





Museu do Futebol

Para os amantes do futebol e, mesmo para os não fanáticos, conhecer o Museu do Futebol é visitar o Brasil ao longo do século XX, conhecendo a cultura, a política, a economia e compreender porque somos habitados pelo Futebol.

Foram horas de imersão neste esporte que passou a ser um fenômeno sócio-cultural nas últimas décadas.

O horário de funcionamento é de Terça a Domingo, das 10h às 17h, sendo que nos dias em que ocorrem jogos no Estádio do Pacaembu, o Museu permanece fechado. Par maiores informações, acesse o site www.museudofutebol.org.br

                                   

Em tempo: para professores da rede pública a entrada é franca.

 



Escrito por Cesare às 11h29
[] [envie esta mensagem
] []





Grandes Amigos

Não será por falta de assunto ou idéias a registrar neste blog, mas sim, a necessidade de apresentar uma nova série:

"Meus grandes amigos"

Inicio pelo aventureiro, mosqueteiro e guerrilheiro de plantão Eduardo Carmello. Nas fotos, durante uma noitada de marguerita com tacos e no momento de uma entrevista para o Jornal do Satélite Esporte Clube, alguns anos antes.

                                   



Escrito por Cesare às 22h59
[] [envie esta mensagem
] []





Trabalho em Equipe

Ao longo dos anos, tive algumas oportunidades de trabalhar com Equipes de verdade: comprometidas e envolvidas com o objetivo previamente traçado.

Dentre as várias, duas foram possíveis efetuar o registro fotográfico, a equipe do "Departamento de Esporte da Associação Atlética Banco do Brasil - SP" e a equipe da "Coordenação de Esporte do Esporte Clube Banespa":

                  

 

 

 



Escrito por Cesare às 22h43
[] [envie esta mensagem
] []





III Forum de Esporte Escolar

Tem algumas semanas que não tenho blogado. Senti falta desta cumplicidade e dessa sensação de compartilhar meus sentimentos, minhas idéias, minhas andanças...

No último dia 22 de Maio, estive participando do III Fórum de Esporte Escolar – Dimensões Sociais do Esporte. Este evento foi organizado pela Secretaria Municipal de Educação em parceria com a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, a Federação do Desporto Escolar do Estado de São Paulo e o SESC São Paulo.

 

Realizado nas dependências do SESC Santana contou com as seguintes palestras: Esporte, Educação e Valores Olímpicos (Prof.ª Dr.ª Kátia Rubio), Educação pelo Esporte (Prof. Dr. Dante De Rose Junior), Questões de Gênero – A mulher no Esporte (Prof.ª Dr.ª Helena altmann) e Deficiência e Esporte: Conceitos e Possibilidades (Prof. Ms. Paulo Henrique Verardi).

A frase que bem sintetizou as reflexões e discussões sobre os vários temas abordados, foi uma citação de Parlebas feita pelo Prof. Dr. De Rose:

“O Esporte não é bom e nem ruim. Ele é aquilo que fazemos dele.”

Ao final, o tradicional registro com os amigos e mestres:

Prof. Dante De Rose, Prof.ª Maria alice Zimmermann, Prof.ª Katia Rubio e o "Blogueiro de Plantão"



Escrito por Cesare às 20h30
[] [envie esta mensagem
] []





Casa dos Curumins

A energia não estava equilibrada naquele dia, então, como melhor opção, resolvi sair e conhecer um pouco mais do mundo.

Visitei uma associação parceira que muito me emocionou pela dedicação e trabalho desenvolvido.  Tratava-se da Associação Casa dos Curumins, uma ONG, criada em 2006, por um grupo de profissionais da área de educação, com a intenção de responder às necessidades e exigências de famílias carentes da zona sul de São Paulo, no bairro de Pedreira.

                                            

Atendendo cerca de 120 crianças, com idade entre seis e quinze anos, desenvolvem um trabalho de resgate da auto-estima e valorização da cidadania. Realmente Show !!!

Mais informações podemos encontrar no site www.casadoscurumins.org

 



Escrito por Cesare às 20h33
[] [envie esta mensagem
] []





Matar ou Morrer. Qual o resultado ?

Com a derrota do Sport Club Corinthians Paulista e, conseqüente eliminação da Copa Libertadores da América, e passando por muitas gozações dos colegas de trabalho, vizinhos e muitos, muitos e muitos alunos, pensei que postar algumas idéias no blog me fariam bem. Não que fosse justificar os erros cometidos pela equipe alvinegra.

Quem escreve, certamente é um apaixonado pelo Timão, porém nada fanático pelo futebol das últimas décadas. Este sentimento deve-se a algumas situações vividas que deixaram seqüelas, como a eliminação da Seleção Brasileira na Copa da Espanha pela Azzura e a derrota pela França no episódio da final de 1998.

Este ano, o Timão tinha (e tem) o que comemorar. Afinal de contas, não é sempre que uma equipe completa 100 anos. É o ano do Centenário.

Muito se falou, escreveu e expectativas foram criadas por todos, principalmente pela nação corintiana. Talvez nessa estratégia resida o maior equívoco dos dirigentes corintianos.

Entretanto, poucas equipes de futebol obtiveram sucessos no ano do ser respectivo centenário. Apenas o Vasco que foi vitorioso na Copa Libertadores, naquele momento.

Entendo que nos últimos anos, mais precisamente desde o seu rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro, nunca uma equipe do futebol brasileiro conseguiu desenvolver tanto a sua marca e outras tantas ações de marketing para solidificar o seu patrimônio, como ocorreu com o Timão.

Conquistas e títulos importantes poderão ser ganhados nos demais anos. Assim eu espero! O importante é manter o foco do Centenário e continuar promovendo festividades alusivas ao aniversário.

Por hora, esperar que os lucros obtidos no ano e a mentalidade madura do grupo possam solidificar no Parque São Jorge e outras oportunidades venham a surgir.



Escrito por Cesare às 10h41
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]